Menu
PT (BR)
  • Black Friday 2022: a melhor promoção do ano
    A Black Friday 2022 finalmente chegou. Nós preparamos descontos de até 85% nos produtos do AdGuard especialmente para você. Saiba mais neste post e aproveite as compras de Black Friday!
    23 de novembro de 2022
  • Por que o AdGuard VPN é a melhor opção
    12 recursos importantes tornam o AdGuard VPN único. Vamos olhar de perto cada um deles para entender por que o AdGuard VPN é único e como tirar o máximo dele.
    11 de novembro de 2022
AdGuard VPN Blog O que são pegadas digitais?

O que são pegadas digitais?

Sempre que você acessa a internet, você deixa um rastro de dados. Estes rastros são chamados de "digital footprints", ou pegadas digitais, e apresentam tanto vantagens, quanto desvantagens. Com o seu histórico de navegação, você pode facilmente encontrar e acessar novamente sites que você visitou há dias e os cookies tornam a sua experiência na internet muito mais personalizada e conveniente. Mas, para cada pegada digital deixada para trás, você perde um pouco de privacidade. Neste artigo, vamos discutir a relação entre privacidade online e as pegadas digitais, além de trazermos dicas sobre como manter suas informações pessoais seguras, especialmente ao utilizar redes de internet públicas - as mais vulneráveis.

Entendendo o que é pegada digital

As pegadas digitais, ou digital footprints, são o registro de toda a sua atividade online. Quanto mais pegadas você deixa, mais informações sobre os seus hábitos, atividades, interesses e até mesmo sobre sua personalidade são armazenados. Sempre que os seus dados saem da sua rede privada e chegam até a internet, você deixa um rastro digital. Para que isso ocorra, é preciso que os seus dados passem pelo servidor de alguém, onde eles podem ser rastreados, armazenados e vendidos para as mais variadas empresas.

Você também deixa pegadas digitais nos sites que acessa. As páginas Web usam sistemas de rastreamento para personalizar sua experiência de usuário, analizar sua atividade online, enviar anúncios e para outros propósitos comerciais. Este processo, no entanto, não é transparente. Mesmo que os usuários saibam que estão sendo rastreados, eles não sabem exatamente que tipo de dados os sites coletam, ou ao menos como são utilizados e quem tem acesso a eles.

Mas os problemas não param por aí. Existem dois tipos de sistema de rastreamento:

  1. Um sistema de rastreamento direto significa que o site que você está visitando está registrando a sua atividade. O servidor da página ativas cookies no seu navegador para te identificar, lembrar os seus detalhes de login etc. Este tipo de cookies e as informações associadas a eles normalmente não são compartilhadas com outros websites e, por isso, é inofensivo. Mesmo que o site tenha acesso a alguns de seus dados pessoais, eles não serão utilizados para formar seu perfil digital completo.
  2. Cookies de terceiros ou de rastreamento são ativados no seu navegador por servidores de terceiros não relacionados aos sites que você visita. Isso inclui servidores de anúncios, rastreadores, servidores de autenticação social etc. Pixels de rastreamento ou códigos Java Script de terceiros são adicionados a vários websites e permitem que informações muito úteis de cada usuário sejam coletadas de diferentes fontes, unindo-as como em um quebra cabeça, formando um perfil digital e moninetizando-as. Usar um bloqueador de anúncios te ajuda proteger-se de cookies de terceiros.

Além disso, não são somente as empresas que se utilizam desdes diferentes métodos de coleta de pegadas digitais. Usuários também deixam muitas informações pessoais para trás de forma consciente ao utilizar redes sociais.

Diferença entre as pegadas digitais ativas e passivas

Dependendo de como os usuários costumam deixar seus rastros, as pegadas digitais podem ser dividas em duas categorias:

  1. Pegadas digitais ativas são criadas quando os usuários compartilham informações de forma intencional. Isso ocorre mais frequentemente em redes sociais, sites de networking e relacionamentos, lojas online, fóruns etc. Outro exemplo de pegada digital ativa envolve o preenchimento de formulários para recebimento de newsletters ou updates de notícias.
  2. Já as pegadas digitais passivas envolvem um processo oculto completamente diferente. Em geral, os usuários não fazem a menor ideia do que está acontecendo. Por exemplo, o sistema de analytics de um website rastreia a duração de sua visita, seu endereço de IP ou as páginas da web que você visualizou.

Em uma primeiro olhar, uma pegada digital passiva contém poucos dados. Como informações sobre o seu gosto musical ou o seu fuso horário podem te prejudicar? Sozinhas, elas não servem para muita coisa. Mas, se dados provenientes de diferentes sites forem combinados, é possível que um retrato perfeito de quem você é seja formado. Sua pegada digital ativa é responsável pela sua reputação online e pode afetar ativamente a sua vida offline.

Exemplos de pegadas digitais

Pegadas digitais têm um enorme valor comercial e várias empresas têm interesse em comprá-las. É por isso que websites, serviços online e várias plataformas e aplicativos utilizam sistemas de rastreamento e monitoramento que coletam dados dos usuários. Levantamos alguns dos exemplos de pegadas digitais mais evidentes:

  1. Compras online. Comprar na internet é muito comum e conveniente. Mas, para comprar online, é preciso que você compartilhe várias informações confidenciais com as lojas: seu nome e número de telefone, seu endereço físico e de email e os detalhes de pagamento do seu cartão. Mas não para por aí. Os sistemas de rastreamento monitoram a frequência de suas visitas aos websites, o horário de seus acessos, o que você busca, o que você compra, os itens salvos, as avaliações que você escreveu e muito mais.
  2. Atividade em redes sociais e aplicativos de relacionamento. Usuários deixam uma enorme quantidade de pagadas digitais em redes sociais ao postar fotos e vídeos, usar hashtags e geolocalização, adicionar amigos, escrever comentários, seguir certos tipos de conteúdo etc.
  3. Inscrever-se em newsletters. Para receber newsletters, é preciso que você preencha um formulário e compartilhe o seu endereço de email.
  4. Histórico de pesquisa. Os mecanismos de busca monitoram as suas pesquisas e as armazenam com o intuito de oferecer resultados mais relevantes para você, e (surpresa!) apresentar os anúncios que mais os beneficiam.
  5. Fazer login em websites utilizando sua conta do Google ou Facebook. Esta é uma forma muito conveniente de fazer login mas, ao utilizá-la, você está autorizando o Google ou o Facebook a monitorar e coletar dados de sua atividade online. Aliás, mesmo que você não dê essa permissão, o Facebook fará isso, sem perdir a sua permissão (você pode ler mais sobre o Facebook e os seus "shadow profiles" aqui).

Por que as suas pegadas digitais são importantes?

As pegadas digitais são importantes pelos seguintes motivos:

  1. Reputação online
    Sua reputação online é formada pelas suas pegadas digitais ativas, que podem afetar seriamente a sua vida offline. Antes de decidir pela contratação, um empregador pode pesquisar informações sobre os candidatos. Colégios e universidades também podem buscar mais informações sobre você online.

  2. Falta de controle
    Outros usuários podem usar seus comentários, fotos e vídeos de acordo para benefício próprio, ou até mesmo interpretá-los de forma errada. Além disso, não há como prever como empresas, data brokers ou anunciantes usarão os dados de suas pegadas digitais.

  3. Falta de privacidade inesperada
    Conversas privadas com os seus amigos em sites de redes sociais são mais públicas do que você imagina. Compartilhar informações pessoais com um círculo mais amplo pode destruir o seu relacionamento ou suas amizades.

  4. Fakes
    Hackers podem usar a sua pegada digital para criar um perfil fake e conseguir acesso aos seus contatos, dar golpes em seus amigos e familiares em troca de dinheiro, procurar relacionamentos online e até mesmo compartilhar vírus.

  5. Armazenamento permanente
    Pegadas digitais podem continuar existindo por muito tempo e não há como saber o seu futuro será afetado por elas.

  6. Vazamento imprevisível de dados
    O vazamento de dados pessoais em redes sociais, sites de relacionamento, serviços de delivery de comida e sites de compras online tem se tornado mais comum a cada dia. Seu endereço físico e de IP, seu número de telefone, suas informações de compras online, seus dados médicos, fotos privadas e histórico de conversas podem vir a público mais cedo ou mais tarde, sem o seu consentimento.

Como minimizar suas pegadas digitais?

Empresas de terceiros, data brokers e anunciantes estão interessados em coletar a maior quantidade possível de dados de usuários. Além disso, qualquer pessoa que pesquise a sua identidade online pode acabar descobrindo muito sobre você através de suas pegadas digitais. Para se manter seguro, é preciso ficar atento quando se trata dos dados que você compartilha na Internet. Há várias formas de proteger os seus dados pessoais e minimizar o alcance de suas pegadas digitais.

  1. Cheque as suas configurações de privacidade em sites de redes sociais

  2. Você pode alterar as configurações padrão nos sites de redes sociais de acordo com as suas preferências. Por exemplo, você pode limitar o acesso às suas contas, escolher quem pode ou não entrar em contato com você ou ver o seu perfil etc. Revisar as configurações de privacidade regularmente é uma prática essencial, já que as mídias sociais podem alterá-los de vez em quando.

  3. Utilize senhas fortes
    Você deve saber que uma senha é a primeira camada de sua proteção online. Usuários tendem a criar senhas que possam ser memorizadas facilmente, contendo combinações consecutivas, nomes ou datas de nascimento. Isso resulta em senhas simples, muito fáceis de descobrir. Senhas fortes devem ser longas e complexas, além de conter números, símbolos, e letras em caixa alta e baixa. Usar um gerenciador de senhas confiável te ajuda a mantê-las em segurança e memorizá-las. Ativar a autenticação em dois fatores também é muito importante, principalmente em sites que armazenam informações sensíveis.

  4. Use um bloqueador de anúncios
    Os anunciantes estão interessados em lucrar apresentando ads relevantes. Servidores de anúncios utilizam cookies com rastreadores que monitoram a sua atividade, coletam informações sobre os seus interesses e constroem o seu perfil digital. Com o AdGuard Ad Blocker, você pode proteger a sua atividade online dos rastreadores, além de evitar golpes de phising e ataques de malware. O Adguard está disponível como aplicativo de desktop para Mac e Windows, aplicativo mobile para iOS e Android e extensão para os navegadores mais populares.

  5. Lembre-se de que qualquer coisa que você faça na Internet pode se tornar pública algum dia
    Seja um acesso não-solicitado à sua caixa de email, um computador ou celular perdido, um vazamento de dados ou um vírus que roube as suas senhas, muitos fatores podem fazer com que seus dados pessoais venham a público. Por isso, não é exagero buscar comportar-se na internet como você se comportaria em público.

  6. Cancele sua inscrição em listas de email que você não lê
    Ao navegar na Internet, é fácil inscrever-se em newsletters, às vezes apenas um clique é necessário. Com passar do tempo, você pode perceber que o seu email está cheio de mensagens não lidas que não somentem enchem a sua caixa de entrada, mas também colocam sua privacidade em risco. Ao cancelar a sua inscrição, você faz com que o seu email seja excluído da base de dados do site. Mas tenha cuidado com emails suspeitos e sempre os delete, já que clicar no link "Cancelar assinatura" pode ser perigoso.

  7. Exclua contas antigas
    Excluir contas antigas é um método efetivo para reduzir suas pegadas digitais e se proteger da violação de dados. Mas atenção: apenas desativar suas contas antigas não é suficiente, já que, nesse caso, o servidor ainda pode armazenar os seus dados.

  8. Fique de olho seu histórico médico
    Informações sobre a sua saúde estão entre as preferidas dos hackers. Os cybercriminosos podem cruzar os seus dados médicos com os deles para fazerem tratamentos em seu nome. Para prevenir-se dos roubos de identidade, limpe seus dados regularmente ao revisar suas informações médicas.

  9. Não utilize sua conta do Facebook para logar em sites de terceiros
    Utilizar sua conta do Facebook para logar em websites pode até ser mais conveniente, mas isso pode afetar diretamente a sua privacidade. Dessa forma, você estará dando permissão para que outra empresa utilize os seus dados do Facebook (como o email associado à sua conta, por exemplo). É possível gerenciar as informações pessoais a que cada app tem acesso, além de cancelar o acesso de apps ao remover todas a conexões entre eles e o seu perfil.
    Para visualizar todos os apps e websites associados à sua conta do Facebook e remover as permissões desnecessárias, siga os seguintes passos:

  • No Facebook, selecione Configurações de Privacidade e clique em Configurações;
  • Clique em Apps e Websites.
  • Clique em Remover ao lado de aplicativos ou sites que você precisa desassociar da sua conta do Facebook.
  1. Atualize o seu software regularmente
    Hackers podem obter acesso aos seus dispositivos e suas informações pessoais ao explorar vulnerabilidades em softwares desatualizados. A melhor forma de evitar que isso ocorra é mantendo o seu software sempre atualizado.

  2. Use uma VPN
    As Redes Privadas Virtuais protegem todos os seus dados com criptografia de ponta. As VPNs ocultam o seu endereço de IP ao substituí-lo pelo IP de um endereço selecionado por você, sendo mais difícil rastrear sua localização real. Usar uma VPN aumenta a sua privacidade e reduz significativamente as pegadas digitais que você deixa online. VPNs são essenciais se você costuma conectar-se a redes de Wi-Fi públicas, conhecidas por sua vulnerabilidade.

Por que usar AdGuard VPN

As VPNs são uma ferramenta efetiva para reduzir as suas pegadas digitais, garantir a segurança dos seus dados pessoais e navegar anonimamente na Web. O AdGuard VPN garante sua segurança e a proteção de sua privacidade, além de contar com funcionalidades muito úteis:

  1. Desenvolvimento interno de um protocolo VPN único que oferece uma criptografia forte ao mesmo tempo que mantém a velocidade de sua conexão com a Internet.
  2. Listas de exclusão para uma navegação mais conveniente. O AdGuard VPN tem dois modos de operação. O primeiro modo ativa a VPN por padrão em todos os Websites e aplicativos, exceto os que você adicona à lista de exclusões. Já o segundo modo ativa a VPN apenas para uma lista selecionada de Websites.
  3. Oportunidade de escolher um servidor DNS. Você pode selecionar um servidor DNS de provedores conhecidos em vez de utilizar o oferecido pelo seu provedor de internet (ISP).
  4. Servidores de VPN localizados em mais de 40 países.
  5. Escolher um servidor de VPN com a conexão mais rápida. O AdGuard VPN mostra o ping de servidores em diferentes localizações. Com esta informação, você pode optar pelo servidor mais veloz.
  6. O AdGuard VPN pode ser combinado com o AdGuard Ad Bloker e ambos podem ser utilizados ao mesmo tempo. Estas ferramentas são compatíveis e, se utilizadas juntas, garantem o máximo de privacidade, anonimato e segurança.
  7. Kill Switch. Se o seu dispositivo perder a conexão com a VPN, o Kill Switch vai interromper automaticamente a sua conexão com a Internet e prevenir vazamentos de dados em potencial.
  8. Autoproteção. Esta função permite que a VPN seja ativada automaticamente quando o seu dispositivo se conectar a redes de Wi-fi vulneráveis.
  9. Política de dados transparente. O AdGuard VPN cuida da segurança de seus clientes e armazena apenas o mínimo de dados para garantir dispositivos 100% funcionais.
  10. Usuários Premium do AdGuard VPN podem conectar até 5 disposivos à VPN simultaneamente.

FAQ

O que é uma pegada digital?

Uma pegada digital é um rastro de dados deixado por você ao navegar pela Internet. Você pode deixá-los conscientemente ao criar posts com texto, fotos e vídeos nas plataformas de mídias sociais. No entanto, a maior parte das pegadas digitais são coletadas sem que você saiba.

Quais são os melhores exemplos de pegadas digitais?

Postar fotos, vídeos e deixar comentários e reviews na Internet são formas de pegadas digitais mais visíveis. É por isso que evitar oversharing em redes sociais é sempre uma boa ideia, já que se trata de um dos locais onde você mais ativamente deixa pegadas digitais.

Como deletar minhas pegadas digitais?

Não é possível deletar todas as suas pegadas digitais, mas é possível minimizá-las de forma significativa. Você pode, por exemplo, deletar contas antigas, cancelar sua inscrição em listas de email, checar suas configurações de privacidade nas redes sociais e navegador, evitar o oversharing e pensar duas vezes antes de compartilhar qualquer informação pessoal online.

Como as pegadas digitais são criadas?

Você deixa uma grande quantidade de pegadas digitais conscientemente ao postar algo em redes sociais, fóruns e blogs. Além disso, websites, mecanismos de pesquisa, serviços e aplicativos coletam diferentes tipos de informação sobre você.

Como eu posso checar as minhas pegadas digitais?

Pode ser difícil revisar todas as suas pegadas digitais, mas você pode encontrar várias informações sobre elas se recorrer a mecanismos de pesquisa e sites que coletam dados. O próximo passo é checar as configurações da sua conta do Google, onde você pode verificar o seu histórico de atividades. O Facebook tem a mesma opção.

É possível deletar pegadas digitais?

Pegadas digitais permanecerão online para sempre. Por isso, é extremamente importante adotar todas as medidas possíveis para proteger a sua privacidade e minimizar a quantidade de pegadas digitais que você deixa na Internet.

Como você pode ser afetado por uma pegada digital?

Sua reputação online é influenciada diretamente pela suas pegadas digitais e podem afetar seriamente sua vida offline ou até mesmo destruir relacionamentos. Anunciantes e vendedores podem te perseguir pela Internet tentando vender seus produtos e serviços.

Quais são as vantagens e desvantagens de ter uma pegada digital?

Pegadas digitais deixam a sua navegação mais personalizada e conveniente. Mas, a cada pegada digital deixada, você perde um pouco de privacidade.

Pamela Norato Puglieri
Ao carregar os comentários você concorda com a nossa política de privacidade.
O download do AdGuard VPN
começou
Clique no botão indicado pela seta para iniciar a instalação.
Digitalize para instalar o AdGuard VPN em seu dispositivo móvel